top of page

Técnicas de revigoramento de Paricá, espécie arbórea da Amazônia, visando o resgate vegetativo


O artigo publicado pelo Doutor em Ciência Florestal Agust Sales, desenvolvido durante o seu doutorado na Universidade Federal de Viçosa (UFV) sob a orientação dos professores Aloísio Xavier e Haroldo de Paiva, objetiva avaliar a eficácia da técnica de decepa na indução de brotações epicórmicas em árvores de paricá (Schizolobium parahyba var. amazonicumI), considerando diferentes épocas do ano e alturas de cepa.

A técnica de decepa é reconhecida como um método eficaz para induzir brotações epicórmicas e promover revigoramento em espécies arbóreas do Brasil. No entanto, ainda existe uma lacuna de conhecimento sobre técnicas eficientes de revigoramento para resgate vegetativo de paricá.

Dr. Agust esclarece que estudos relacionados ao resgate e propagação de espécies arbóreas nativas da Amazônia podem oferecer informações importantes para o estabelecimento de plantações clonais de paricá.

O desafio ou principal problemática, segundo Dr. Agust, é que o conhecimento atual da eficiência de técnicas para esta espécie que visem o revigoramento, rejuvenescimento, resgate e propagação clonal ainda é incipiente e pouco difundido.

No link abaixo você pode ter acesso gratuito a esta publicação resultado da parceria entre Grupo Arboris, UFV e EMBRAPA Florestas.




6 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page